Estou desempregado o que fazer?

Está sem emprego e não tem idéia de onde vai tirar dinheiro para pagar o aluguel? Contas atrasadas e devendo na praça? Para te ajudar a sair dessa enrascada montei um passo a passo do que focar e o que fazer primeiro, porque nessas horas não pensamos direito devido ao nervosismo e estresse não é verdade?

Conhece algum amigo que esteja passando por essa dificuldade? Então compartilhe esse artigo com ele!

#1 – Pare, pense e planeje

desempregado-o-que-fazer

Muitos ao saírem dos seus empregos ficam parados em casa, esperando um novo emprego que nem sempre aparece tão rápido. Essa é a pior maneira de utilizar esse tempo extra em casa.

Nos primeiros dias depois de sair do emprego você deve pensar o que fazer a seguir, agora a única grana que você vai ter é a da sua rescisão e o seguro desemprego.

A primeira atitude a ser tomada é planejar o que vai ser feito com essa grana, basicamente você deve dividi-la em 3 partes, são elas:

  • A primeira parte irá para suas contas pessoais, o básico que você e sua família precisam para viver por alguns meses, cortando ou reduzindo o máximo de gastos possíveis (tv por assinatura, saídas, compras, planos de celular e internet caros e etc…)
  • A segunda parte deve ir para educação, agora que você tem tempo é a hora de aprender coisas novas que vão te trazer uma renda extra enquanto não acha um outro emprego na sua área
  • E, por fim a terceira parte deve ser investida em algo que gere dinheiro, produtos para revender ou ferramentas para oferecer algum serviço que pode ser cobrado, por exemplo.

Agora que você já tem dinheiro separado para aprender alguma atividade nova e para comprar os materiais para começar, vamos ver como fazer isso.

#2 – Comece a pensar em um plano B

desempregado-o-que-fazer

Em um mundo perfeito ao sairmos de um emprego em poucos meses já conseguimos outro, nos sustentando com o dinheiro do seguro desemprego. Agora na prática essa não é a realidade.

Pesquisas mostram que está demorando em média 14 meses para o profissional se recolocar no mercado de trabalho, por isso não se deve contar com um emprego rápido, se deve pensar em uma alternativa até conseguirmos a recolocação.

Para te ajudar a decidir o que fazer nesse meio tempo, separei alguns materiais que podem te ajudar a escolher uma renda extra, estão classificados em curto prazo (pessoas que tem pouco dinheiro e precisam de uma renda rapidamente) médio prazo (se enquadram aqui pessoas que tem o dinheiro do seguro e receberam um valor alto de rescisão e podem se “segurar” alguns meses)  e longo prazo (pessoas que receberam uma alta rescisão, tem o seguro e ainda fizeram uma reserva de emergência, podendo viver mais de 12 meses somente com esse dinheiro).

Curto Prazo

Como essa fase é a famosa “o bixo tá pegando”, é preciso começar com algo que possa ser vendido rápido e tenha alta demanda, eu particularmente recomendo alimentos, que é fácil de vender e tem uma margem de lucro muito boa.

Vou deixar 2 artigos com ótimos produtos para você começar:

Cookies Lucrativos: Começe seu negócio com apenas R$10,80!

Como ganhar dinheiro vendendo salgados

Médio Prazo

Agora se você tem um pouco mais de tempo, é possível criar um negócio que demore um pouco mais para dar retorno, porém os resultados á médio e longo prazo serão excelentes.

Nesta categoria eu recomendo um trabalho mais online, onde é possível trabalhar alguns meses com pouco ou nenhum resultado, e depois as vendas aparecerão gradualmente.

O seu foco deve ser o Youtube, criando um ou mais canais focado no programa de afiliados do Google e na venda de produtos digitais e físicos.

Veja mais informações neste artigo:

Como ganhar dinheiro no Youtube com Vídeos

Longo Prazo

Neste ponto você está mais “tranquilo” em relação á dinheiro e pode fazer ações mais calculadas. Enquanto procura uma nova recolocação no mercado de trabalho, você pode criar negócios que vão demorar para dar resultados, mas vão te possibilitar renda passiva, que nada mais é que criar um negócio e ele trabalhar por você.

Para quem está começando, eu recomendo o treinamento fórumula negócio online, pois ele é totalmente completo, não precisando adquirir nada mais para começar. Em um só curso você aprende a utilizar email marketing, criar blogs e gerar conteúdos para eles sem escrever uma linha sequer, como vender pelas redes sociais e muito mais!

Clique aqui e baixe um ebook grátis!

#3 – AJA!

desempregado-o-que-fazer-2

Agora que você já tem 3 idéias para começar uma renda extra a pergunta é: O que você vai fazer?

A maioria reclama do governo, do desemprego, que não tem oportunidades…De vítimas o mundo está cheio, o que a sociedade precisa é de pessoas com vontade de agir, de mudar a sua condição independente do que está acontecendo no país, política, etc…

Há diversas oportunidades para se ganhar dinheiro e nesse post você viu várias idéias, porém deve se colocá-las em ação, do contrário são só idéias, como muitas que certeza que você já teve mas nunca saíram do papel.

A última dica que eu deixo é que não tente começar sozinho. Digo por experiência própria, eu tentei começar sem nenhum treinamento e perdi muito tempo na internet procurando informações, testando o que funciona e o que não funciona até achar um passo a passo que desse resultado.

Com os cursos online os produtores já fizeram o trabalho duro por você, basta fazer exatamente o que eles ensinam que terá resultados, simples assim. E se você está desempregado recomendo ainda mais que adquira um curso para por em prática o mais rápido possível, já que você não tem tempo nem dinheiro para ficar testando coisas que não funcionam não é verdade?

Espero sinceramente que este conteúdo tenha ajudado você, caso tenha sugestões, críticas (construtivas) ou queira acrescentar algo ao post deixe pra gente nos comentários!

 

Veja como ganhar R$500 reais em 44 dias, trabalhando apenas 10 minutos por dia na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

27 − 23 =