Você está preparado para o futuro?

A realidade como conhecemos está mudando. Sempre abordo isso aqui no blog mas parece que as pessoas ainda não entenderam e acreditam que o governo ou algum ser milagroso vai salvar a vida delas. Vivemos na era da informação, onde o conhecimento será cada vez mais valioso, como veremos no artigo de hoje.

O futuro trás mudanças incríveis, algumas já podemos quantificar, outras não, mas o que sabemos é que o processamento de dados vem crescendo de forma exponencial e vai aumentar muito nos próximos 10 anos. Só pra ter uma idéia, em 2007 era lançado o primeiro Iphone, veja como eles estão agora, apenas 12 anos depois!

Eu sempre gosto de me preparar para o futuro, por isso vou te mostrar alguns pontos importantes para reflexão, assim você também pode pensar que caminho está tomando na vida e dependendo começar a mudar sua trajetória agora, enquanto há tempo.

Eu não quero deixar meu futuro nas mãos do governo nem me arriscar de perder meu emprego para uma máquina, acredito que você também não, certo?

As mudanças trazidas pela tecnologia

Troca de humanos por robôs nas fábricas

Aqui ainda estamos começando, mas em diversos países desenvolvidos os robôs já estão dominando muitas áreas que antes eram feitas por humanos. Exatamente como aconteceu na revolução industrial, onde máquinas tiraram o trabalho de muitas pessoas nas colheitas.

Para quem trabalha hoje em uma função mecânica, linha de produção ou em uma máquina específica, comece a pensar em outros talentos, pois inevitavelmente você será substituído por um robô.

IAs “visíveis” vão ser extremamente comuns

Ias (inteligências artificiais) em todos os lugares, mas não conseguimos identificar tão facilmente. Seu celular, por exemplo, tem diversos algoritmos que, baseados nas suas preferências, te mostram notícias, produtos, serviços e conteúdos que provavelmente serão do seu interesse.

Cada vez que são negativados (seja pela sua opinião ou simplesmente porque você passou sem abrir mesmo), ela aprende, se adapta e melhora, chegando cada vez mais perto dos seus gostos. Diversos sites também tem Ias, como o Youtube e redes sociais, por exemplo, estamos cercados delas e nem nos damos conta.

Máquinas que vão atender suas ligações em call centers (bem mais inteligente do atendimento eletrônico que temos hoje), fast food e caixas em supermercados automatizados vão fazer parte da rotina. Com isso, diversas pessoas que hoje trabalham nessas profissões vão precisar se recolocar no mercado, por isso é muito mais inteligente já se preparar agora, enquanto poucos estão enxergando isso.

Diversos mercados vão acabar

Como falei acima, a tecnologia fez muitas empresas quebrarem. Ramos como a fotografia com filmes, locadoras de fitas e DVDs e taxis estão praticamente extintos, alguns ainda funcionam devido a geração que não tem muita familiaridade (e medo) de fazer compras na internet. Como nossos avós, por exemplo.

Daqui a 10 anos, a maioria das pessoas “ativas” já vão ter muita experiência com Smartphones, fazendo basicamente tudo por aplicativos. As empresas que não se adaptarem a essa nova realidade inevitavelmente vão quebrar.

Relação de trabalho vai mudar

Outro ponto bem interessante para abordarmos é como nossa lei trabalhista é engessada e precisa ser mudada urgentemente. Todo nosso sistema foi criado em 1943 e não acompanhou as mudanças na sociedade. Antes, as pessoas normalmente entravam em uma empresa e se aposentavam nelas, hoje, dificilmente alguém fica mais de 3 anos em uma organização.

As relações tendem a serem menores e pagarem semanalmente, como já acontecem em países desenvolvidos. Nelas, você acerta com seu empregador uma remuneração semanal ou diária, muito parecido quando contratamos um pedreiro para fazer uma reforma na nossa casa.

Essa forma vai aumentar as oportunidades, reduzir absurdamente o desemprego além de aumentar a remuneração, tirando dos empregadores todo aquele peso que a CLT trás de impostos, “garantias” e outros penduricalhos que fazem o empresário pagar até o dobro por cada trabalhador contratado.

Fim da CLT 

Para que o país ir pra frente, a CLT inevitavelmente terá que acabar. Essas garantias de horários, “direitos” e punições para os empregados oneram muito os produtos e a mão de obra, tirando a competitividade. Em um futuro muito próximo, para conseguir ser competitivos com os produtos chineses, o Brasil precisará mudar as relações de trabalho.

Para se preparar pra isso é preciso ser flexível. Foque  em saber um pouco de tudo, principalmente o que a maioria não quer. Vou falar mais de profissões que eu recomendo no final do post. Por enquanto, imagine um Brasil onde você chega na empresa, faz a entrevista, assina um contrato, começa a trabalhar no outro dia e no final da semana já tem seu pagamento, não seria bacana?

Diminuição das jornadas 

Um detalhe que tanto os empregadores quanto os governos ainda não se atentaram é que os trabalhadores começam a ficar muito improdutivos conforme as horas passam. Convenhamos, ficar mais de 8 horas fazendo a mesma coisa no mesmo lugar com as mesmas pessoas é muito massante!

Em um futuro muito próximo essa jornada desgastante de 8 horas diárias provavelmente será trocada por 2 turnos de 4 horas em lugares diferentes (ou 3 lugares, se a pessoa quiser faturar ainda mais). Só essa pequena mudança já fará uma diferença absurda, pois só de mudar o trabalho, ambiente e as pessoas, sua motivação aumenta e consequentemente a produtividade também.

Essa mudança também vai beneficiar mulheres com filhos pequenos, que hoje não conseguem trabalhar. Com jornadas de 4 horas, tempo que seus filhos estão na escola, é possível conciliar ambas as atividades tranquilamente, compensando muito mais que deixar em uma creche o dia todo.

Profissões que vão estar “em alta” nos próximos anos

E, para fechar, vou deixar alguns campos que vão absorver essa mão de obra que vai ser substituída pelas máquinas. São campos gerais, dentro de cada um também há subdivisões, pesquise sobre cada um deles e veja qual te agrada mais, porque como escrevi no artigo passado, é terrível trabalhar em algo que não se gosta. Caso não tenha visto veja abaixo:

Artigo: Quero mudar de emprego o que fazer?

Robótica

voce esta preparado para o futuro

voce esta preparado para o futuro

Se a humanidade terá robôs para fazer a maioria dos trabalhos, onde terá trabalho para os humanos? Na criação e manutenção de robôs, claro!

Robótica será um ramo excelente, inclusive é uma grande oportunidade para Startups pois, dependendo da solução que o robô da sua empresa traga, é possível ganhar milhões. Veja os avanços da tecnologia e abra sua mente para os diversos mercados que vão surgir nessa onda.

Programação

Atualmente nenhum aparelho “inteligente” funciona sem um sistema operacional, mesmo que bem simples. Com o aumento de funções, os programas para gerenciá-los também vão precisar evoluir, e é aí que os programadores entram.

Essas pessoas criam os algoritmos que aprendem sozinhos (como falamos acima), páginas, programas, jogos, aplicativos e todas as maravilhas que vemos e veremos na internet. Como é preciso criatividade, esse tipo de profissão vai demorar muito para ser substituída, pois criar um programa que aprenda já é bem complicado, imagina um que crie algo novo.

Outro ponto interessante é que a criação de sites e aplicativos é uma das formas que os bilionários mais novos usaram para fazer fortuna rapidamente. Um excelente exemplo é o criador do Snapchat, uma rede social muito simples, onde as informações se apagam depois de pouco tempo. Com apenas 25 anos (em 2015) ele já tinha sua empresa avaliada em 2,1 bilhões de dólares.

Quem sabe o próximo não pode ser você? Eu gosto muito do mercado e já estou aprendendo programação para entrar nele, bora?

Marketing

Da mesma forma que a programação, o maior problemas das máquinas será a criação. Elas serão muito boas em tarefas mecânicas, mas quando o assunto é criar novas soluções, a coisa muda de figura. O campo da propaganda vem sendo alterado, e nos próximos anos praticamente todos os anúncios vão ser digitais, sejam em redes sociais, sites de busca e até outdoors digitais, ou holográficos, quem sabe.

Para se adaptar a essa nova realidade, bons profissionais de marketing digital serão cada vez mais visados. Para quem se preparar hoje, sugiro esse post onde eu mostro quanto ganha e como começar no marketing digital.

Conclusão

A tecnologia está se tornando mais presente a cada dia no nosso cotidiano, trocando tarefas mecânicas que antes eram feitas por pessoas por robôs. Hoje temos lavadoras de roupas, louça e aqueles pequenos robozinhos que varrem a casa.

Em um futuro próximo, essas máquinas vão possuir uma inteligência artificial mais avançada, fazendo tarefas ainda mais complexas. Na indústria não será diferente, todo trabalho mecânico será feito por robôs e programas de computador.

“Mas o que será dos humanos? Onde eles vão conseguir emprego?” Você pode estar se perguntando, e eu te respondo: Nas áreas que serão criadas por essa demanda, o que vai acontecer na verdade é uma readaptação da mão de obra. Com essa quantidade de máquinas, será preciso pessoas para programá-las, criá-las e criar campanhas para vendê-las. Emprego ainda terá mas será muito mais intelectual que mecânico.

Para pessoas de visão, como você que está lendo esse artigo, se preparar antes da chegada dessa era tecnológica será um grande passo a frente dos outros, que só vão entender o que está acontecendo quando um robô roubar o seu emprego.

Para isso, comece a pesquisar sobre marketing de digital, e áreas voltadas a programação e criação de robôs, como mecatrônica e TI. Essas áreas tendem a crescer muito e quem já se preparar agora com certeza nunca ficará sem emprego.

 

Gostou do artigo? Então considere compartilhar com seus amigos, basta clicar na sua rede social favorita abaixo!

Veja como ganhar R$500 reais em 44 dias, trabalhando apenas 10 minutos por dia na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

79 + = 88